Inicio1981, Ano zero da língua galega