Carvalho Calero escreveu a sua obra mais conhecida, Scórpio, em galego reintegracionista. É o seu livro mais recomendável para todo o tipo de públicos, já que é umha aproximaçom mui entretida à história política e social da Galiza e de Espanha entre 1910 e o final da Guerra Civil. Mas algumhas pessoas podem ter medo à sua leitura porque nom está escrito na norma oficial do galego, senom em galego-português. Por isso, hoje vou explicar como se lê aproveitando que no dia 16 de maio a AGAL está a preparar umha leitura continuada desta obra durante 14 horas que vai ser retransmitida em streaming a partir de um teatro de Compostela.

- Publicidade -

Faite socia, faite socio

As socias e socios de Nós Televisión son un piar básico. Desde moi pouco, a túa achega económica pode axudarnos a consolidar este espazo audiovisual libre e en galego