Nova achega de Eduardo Maragoto, Presidente Associaçom Galega da Língua